quinta-feira, 10 de junho de 2010

Pitacos: quem leva a Copa?

Comentar futebol é uma diversão ímpar. Comentar depois do jogo, então, é a melhor coisa. Como diz o técnico Muricy Ramalho: "eu, assistindo jogo na sala de casa, estou invicto". Por isso, vou fugir do lugar comum e dar aqui meus pitacos para a Copa do Mundo.


Favoritos? Dizem ser oito seleções. Eu reduziria. E muito! Para mim, Alemanha e Itália não vão longe. Ambos têm elencos envelhecidos e sem aquela qualidade técnica. A França, então, não passa da primeira fase.

Surpresas? Cada um tem a sua zebra predileta. Mas duvido que alguma delas passeie pelo Mundial deste ano.

Vamos às previsões:

Campeão:
Pelas previsões deste humilde blogueiro, a final da Copa acontecerá, na verdade, na semi-final. Argentina e Espanha se encontram e decidem o campeão. A Argentina, para mim, chegará muito forte. Mas esse ano será, enfim, a vez da Espanha. Portanto, os europeus vencem e decidem a Copa contra Inglaterra ou Holanda. E os espanhois sairão campeões.

Surpresa:
A Holanda, para mim, não é considerada surpresa. Apesar de nunca ter ganho, é uma seleção que sempre chega. Esse ano novamente montou um time de alta qualidade. Creio que chegue à final. Mas, novamente, perca. Entre as seleções de menor expressão, creio que os EUA podem surpreender. Para mim, os americanos eliminarão a tradicional Alemanha e vão às quartas. México ou Uruguai também podem chegar às quartas, quem conseguir fugir da Argentina.

Decepção:
A França, campeã em 1998, chega já sem força. Mesmo assim, é tradicional. Só que desta vez o fracasso deve ser parecido com o de 2002: não passarão nem da primeira fase. Nos meus cálculos, o Brasil também tem grandes chances de deixar a competição antes da decisão. Pode cruzar com a Holanda nas quartas-de-final e terá grandes dificuldades.

Pontos positivos:
A alegria africana deve contagiar o Mundial. Se não é destaque em infra-estrutura, a África do Sul dará um show de cultura e felicidade. Em campo, não devem ir longe. Talvez Nigéria, Gana e Camarões passem da primeira fase. Mas não farão história. Creio, também, que o bom futebol ressurgirá. Equipes ofensivas, como Espanha, Holanda e Argentina, devem se destacar.

Pontos negativos:
Gigantes envelhecidos, Itália e Alemanha estarão longe de suas equipes históricas, tetra e tri-campeãs, respectivamente.

Artilheiro:
Em grande fase, o atacante Wayne Rooney será o artilheiro. A Inglaterra deve chegar pelo menos às semi-finais. Muito pelos gols do jogador do Manchester United. Pode ser perseguido de perto por algum holandês, possivelmente Van der Vaart.

Melhor jogador:
Por tradição, a Fifa escolhe o melhor da Copa através do time campeão. Seguindo esta lógica, a escolha fica difícil. A Espanha tem um jogo coletivo espantoso, com altíssima qualidade. Apostaria, de qualquer forma, em algum dos meio-campistas: Andres Iniesta. Mas não me surpreenderia se ficasse com Xavi Hernandes, seu companheiro de Barcelona.

Jogador decepção:
Craque de bola. Infelizmente não consegue repetir as atuações de seus clubes na seleção. Cristiano Ronaldo fará o possível, mas não conseguirá levar Portugal muito adiante.

Previsões feitas, agora é sentar no sofá, ligar a televisão e conferir, durante esses próximos 30 dias, o que a Copa tem guardada para nós!

Um comentário:

Pablo Vilela disse...

Impressionante! Está de parabéns pelos pitacos. Pouquíssimos erros. Não quer me passar uns números da Mega?

Abraço,

Pablo
http://cadeorevisor.wordpress.com